' '

Tesouros da impiedade

“Os tesouros da impiedade de nada aproveitam, mas a justiça livra da morte” (Provérbios 10.2).

V
ale a pena ser honesto? No dia em que escrevo esta meditação o Brasil ficou estarrecido com a notícia de um juiz de futebol que recebera dinheiro para “entregar” algumas partidas. A cena que a TV mostrou foi dramática. Olhos lacrimejantes, pesar e vergonha. Mais dramática ainda foi a declaração que ele fez: “Não compensou ter trazido tristeza e vergonha para minha família, por causa do dinheiro.”

Um comentarista disse algo que reflete a cultura de nossos dias: “A tragédia dele foi ser descoberto. Se não o fosse, claro que teria compensado. Dinheiro nunca faz mal.”

Já percebeu como o dinheiro fascina? Do ponto de vista bíblico, não existe nada de errado com o dinheiro. Entre as bênçãos da prosperidade prometida por Deus, está incluído o dinheiro. Não tenha medo de trabalhar, poupar e fazer dinheiro. “Minha é a prata, meu é o ouro, diz o Senhor dos Exércitos” (Ageu 2.8). Ele está pronto a entregar tudo isso nas mãos dos Seus filhos.

O problema é que na maioria das vezes o fazer dinheiro exige tempo e trabalho, e a natureza humana é imediatista. Não gosta de esperar, ignora que nada se constrói de um dia para outro. Então aparece a senhora insensatez com suas promessas fascinantes, vestida de muitas roupagens: desde o assalto à mão armada, até o furto, suborno, chantagem, calote ou o engano.

A declaração bíblica de hoje é: “Os tesouros da impiedade de nada aproveitam.” Não valem a pena as noites de insônia de uma consciência culpada; nem a vergonha e o escândalo que destroem a família quando a pessoa é descoberta; nem sequer o cinismo ridículo de alguém que endureceu a consciência e nega tudo.

A segunda parte do texto diz: “Mas a justiça livra da morte.” Que justiça é essa? Andar nos caminhos da prosperidade autêntica. Pode exigir mais tempo. Mas, em compensação, “livra da morte”, do desespero, da angústia, da ansiedade e do pânico que se apodera da pessoa quando está prestes a ser exposta.

Que Deus abençoe hoje o fruto de seu trabalho. Que tudo que você tocar seja abençoado. Que seus planos sejam prosperados. Enfrente a luta do dia com essa certeza no coração.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.